domingo, 22 de agosto de 2010

Inspiração!


Agora encontro-me sentado em frente ao computador e a tela em branco não me inspira! Nada, absolutamente nada passa por meus pensamentos; escrevo ao léu, sem rumo, sem pensar, deixo os dedos digitarem letra por letra, palavra por palavra, linha por linha, e assim vou seguindo adiante, em busca da inspiração que tanto almejo mas que nem sempre aparece!

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá,vou comentar mais este....Alguns poetas dizem que a inspiração só chega à noite....já outros andam com o caderninho moleskine sempre pronto para eternizar uma ideia.....para depois no seu cantinho...deixar a fluidez falar mais alto outros dizem que as palavras somem na hora do poema verdade(clarissa em um dos seus lindos poemas)alguns conhecidos possuem uma inspiração tão grande.....que de todos os momentos simples da vida,eles transformam nas mais belas prosas-poéticas.....logo o que da para definir é que cada um tem a sua,como um documento,cada um tem seu tempo....enquanto uns escrevem a palavra ouro,já outros preferam a palavra barro.....alguns gostam de versos complicados rimados,ao gosto dos decassilabos....outros preferem a simplicidade das letras, da vida ,das formas e da poesia e você ,meu grande amigo,é um destes ....ama a simplicidade e faz dela sua cúmplice....quando usa seu mágico poder de encantar....acho que quando se perde a inspiração temos que ,como todos os dias sentar no lugar de costume onde aconteciam os encontros com a inspiração até ela aparecer....e se demorar....prestar a atenção em volta,nas coisas mais simples da vida é lá que ela vez em quando se esconde para brincar de pique-esconde com os poetas....Um grande beijo Julianna

Flávio Nunes. disse...

Olá Juliana,
Minha inspiração vem das coisas simples. Tenho "gerado" bons textos, contudo poucos são os que consigo colocar no papel! Estes melhores textos nascem quando estou caminhando! Isso mesmo, caminhando! Dizem que caminhar é bom e ajuda a oxigenar o cérebro. Faz com que ele trabalhe melhor! Tenho visto que isso é bem verdade..rs.. Entretanto, como fazer para registrar tais idéias que surgem nestes momentos tão pouco confortáveis para escrever? (Ando com meu caderninho de anotações para cima e para baixo..rs.. ele e minha caneta são amigos fiéis e inseparáveis)! Ainda não sei a melhor coisa para se fazer..rs.. Mas ei de descobrir!..rs..
Quando perco a inspiração, procuro caminhar, procuro jardins e parques a céu aberto, procuro ir ao encontro do outro, do mundo, de tudo que faça-me olhar o que há ao meu redor com outras lentes. Procuro chocolate, cappuccino, suco de laranja ou totelette de limão..rs.. Procuro crianças e velhos. Procuro sentar e ver o que todos vêem, mas que pouquíssimos percebem!
Empolguei-me..rs..Você me inspirou com sua resposta..rs..
Um abração bem apertado minha amiga,
Flávio Nunes.

PS: Gostei muito desta parte: "outros preferem a simplicidade das letras, da vida ,das formas e da poesia e você ,meu grande amigo,é um destes ....ama a simplicidade e faz dela sua cúmplice....quando usa seu mágico poder de encantar..."! Descreveu-me..rs.. Obrigado!

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...