sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Um Mendigo, Talvez!


Olha, tem um mendigo dormindo na porta da Livraria!
O que estará sonhando?
Sonhos humanos, talvez.


Enquanto o mundo gira ele fica parado no mesmo lugar!
O que estará fazendo?
Sendo humano, talvez.


Todos que alí passam estão com fome e atrasados!
O que estará esperando?
Uma oportunidade, talvez.


Olha, que coisa estranha, um mendigo e uma livraria!
O que estará vivenciando?
Um nada, talvez.


Enquanto isso sigo adiante, mas continuo nele à pensar!
O que estou fazendo?
Um talvez,...

4 comentários:

Daniela Filipini disse...

Talvez esteja ignorando um fato ou criando uma nova forma de viver, de pensar, de sentir. Tudo pode acontecer.

Flávio Nunes. disse...

Olá Daniela,
Obrigado pelo comentário! Talvez você esteja certa quanto à nova forma de viver, pensar e sentir! Tudo pode acontecer!..rs.. :)
Tenha uma ótima noite!
Abração,
Flávio Nunes.

Mary Kenchian disse...

Ola Flávio,
Que poema lindo e emocionante.
Outro dia vi uma reportagem sobre mendigos e como eles se tornam invisíveis, as pessoas passam e não notam sua existência, e esse quadro nada dá par ingnorar um mendigo e uma livraria.
Só alguem com uma sensibilidade única como a sua para escrever um texto tão lindo.
Me sinto honrada por te-lo como amigo e sou eu que agradeço o convite feito no site o livreiro.
Muito obrigada por presentear-me cada dia com texto lindos.
Tenha um ótimo domingo e uma semana maravilhosa.
Abraços,
Mary

Flávio Nunes. disse...

Olá Mary,
Infelizmente estes nossos irmãos são, na maioria das vezes, completamente ignorados. O que é feito para proporcionar-lhes bem-estar ainda é ínfimo em comparação com todas as suas necessidades!
Obrigado pelo comentário e pelas suas palavras! Sinto-me sempre muito lisonjeado..rs..
Quanto à "honra" da amizade, saiba que a recíproca é verdadeira!..rs..
Desejo-lhe, igualmente, uma semana excepcional!
Abração,
Flávio Nunes.

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...