domingo, 7 de novembro de 2010

Doses de Horror!

Texto escrito em 10/06/2009.

Precisamos de uma pequena dose de horror todos os dias! Defrontar-se com as mazelas humanas é essencial para cada um. Confrontar-se com as dores e sofrimento alheio nos dá possibilidade de vermos claramente nossas próprias limitações, o que desejamos adquirir e eliminar em nossas vidas!

Mesmo sendo dependentes, temos liberdade de ir e vir. Fazemos escolhas! Felizmente não podemos voltar ao passado e “arrumar” aquilo que “não deu certo”, ou ainda, caminhar numa outra direção.

Esquinas, direções e escolhas. Eis o princípio e o fim de nossas crises e felicidades.


Foto: Cartão que divulga o trabalho da Organização Humanitária "Médicos sem Fronteiras"!

12 comentários:

Anônimo disse...

Olá Flávio!!!!!

Parabéns pelo tópico...
Era justamente esta sugestão de tópico que eu queria lhe apresentar.
Esta é uma forma de divulgação deste grande trabalho da organização médico-humanitária MSF-ganhadora do Prêmio Nobel da Paz em 1999- que poucos conhecem.

São cerca de 28 mil profissionais espalhados por mais de 60 países, atuando diariamente em situações de desastres naturais, fome, conflitos, epidemias e combate a doenças negligenciadas...

A organização foi criada em 1971 na França por jovens médicos e jornalistas. Eles atuaram como voluntários no fim dos anos 60 em Biafra, na Nigéria. Enquanto a equipe médica socorria vítimas em uma brutal guerra civil, o grupo percebeu as limitações da ajuda humanitária internacional: a dificuldade de acesso ao local e os entraves burocráticos e políticos faziam com que muitos se calassem frente aos fatos testemunhados. Surge, então, Médicos Sem Fronteiras(MSF),uma organização médico-humanitária,independente, que associa socorro médico e testemunho em favor das populações em risco.

Eu participo do trabalho de divulgação junto com milhares de outras pessoas...minha meta é estar junto um dia,se Deus quiser! =)
Acho interessante as pessoas darem uma passada no site, olhar as Campanhas, o trabalho que tem sido feito atualmente no Haiti - atendendo vítimas de cólera - e, quem puder e quiser ser um Doador Sem Fronteiras(com doações de no mínimo 10 reais) é só se cadastrar.
Toda ajuda é válida,já que é uma organização totalmente independente.

Site: www.msf.org.br

Tenha uma ótima semana!!
Bjs,
Thaísa Figueiredo

Anônimo disse...

Reflexão sobre a fome 1

PAI TÔ COM FOME

Vale a pena ler!!!!

Ricardinho não agüentou o cheiro bom do pão e falou:

- Pai, tô com fome!!!

O pai, Agenor , sem ter um tostão no bolso, caminhando desde muito
cedo em busca de um trabalho, olha com os olhos marejados para o filho
e pede mais um pouco de paciência….

- Mas pai, desde ontem não comemos nada, eu tô com muita fome, pai!!!

Envergonhado, triste e humilhado em seu coração de pai, Agenor pede
para o filho aguardar na calçada enquanto entra na padaria a sua
frente…

Ao entrar dirige-se a um homem no balcão:

- Meu senhor, estou com meu filho de apenas 6 anos na porta, com muita
fome, não tenho nenhum tostão, pois sai cedo para buscar um emprego e
nada encontrei, eu lhe peço que em nome de Jesus me forneça um pão
para que eu possa matar a fome desse menino, em troca posso varrer o
chão de seu estabelecimento, lavar os pratos e copos, ou outro serviço
que o senhor precisar!!!

Anônimo disse...

Parte 2
Amaro , o dono da padaria estranha aquele homem de semblante calmo e
sofrido, pedir comida em troca de trabalho e pede para que ele chame o
filho…

Agenor pega o filho pela mão e apresenta-o a Amaro, que imediatamente
pede que os dois sentem-se junto ao balcão, onde manda servir dois
pratos de comida do famoso PF (Prato Feito) – arroz, feijão, bife e
ovo…

Para Ricardinho era um sonho, comer após tantas horas na rua….

Para Agenor , uma dor a mais, já que comer aquela comida maravilhosa
fazia-o lembrar-se da esposa e mais dois filhos que ficaram em casa
apenas com um punhado de fubá…

Grossas lágrimas desciam dos seus olhos já na primeira garfada…

A satisfação de ver seu filho devorando aquele prato simples como se
fosse um manjar dos deuses, e lembrança de sua pequena família em
casa, foi demais para seu coração tão cansado de mais de 2 anos de
desemprego, humilhações e necessidades…

Anônimo disse...

Parte3
Amaro se aproxima de Agenor e percebendo a sua emoção, brinca para relaxar:

- Ô Maria!!! Sua comida deve estar muito ruim… Olha o meu amigo está
até chorando de tristeza desse bife, será que é sola de sapato?!?!

Imediatamente, Agenor sorri e diz que nunca comeu comida tão
apetitosa, e que agradecia a Deus por ter esse prazer…

Amaro pede então que ele sossegue seu coração, que almoçasse em paz e
depois conversariam sobre trabalho…

Mais confiante, Agenor enxuga as lágrimas e começa a almoçar, já que
sua fome já estava nas costas…

Após o almoço, Amaro convida Agenor para uma conversa nos fundos da
padaria, onde havia um pequeno escritório…

Agenor conta então que há mais de 2 anos havia perdido o emprego e
desde então, sem uma especialidade profissional, sem estudos, ele
estava vivendo de
pequenos ‘biscates aqui e acolá’, mas que há 2 meses não recebia nada…

Anônimo disse...

parte4
Amaro resolve então contratar Agenor para serviços gerais na padaria,
e penalizado, faz para o homem uma cesta básica com alimentos para
pelo menos 15 dias…

Agenor com lágrimas nos olhos agradece a confiança daquele homem e
marca para o dia seguinte seu início no trabalho…

Ao chegar em casa com toda aquela ‘fartura’, Agenor é um novo homem
sentia esperanças, sentia que sua vida iria tomar novo impulso…

Deus estava lhe abrindo mais do que uma porta, era toda uma esperança
de dias melhores…

No dia seguinte, às 5 da manhã, Agenor estava na porta da padaria
ansioso para iniciar seu novo trabalho…

Amaro chega logo em seguida e sorri para aquele homem que nem ele
sabia porque estava ajudando…

Tinham a mesma idade, 32 anos, e histórias diferentes, mas algo dentro dele
chamava-o para ajudar aquela pessoa…

E, ele não se enganou – durante um ano, Agenor foi o mais dedicado
trabalhador daquele estabelecimento, sempre honesto e extremamente
zeloso com seus deveres…

Anônimo disse...

Parte5
Um dia, Amaro chama Agenor para uma conversa e fala da escola que
abriu vagas para a alfabetização de adultos um quarteirão acima da
padaria, e que ele fazia questão que Agenor fosse estudar…

Agenor nunca esqueceu seu primeiro dia de aula: a mão trêmula nas
primeiras letras e a emoção da primeira carta…

Doze anos se passam desde aquele primeiro dia de aula…

Vamos encontrar o Dr. Agenor Baptista de Medeiros , advogado, abrindo
seu escritório para seu cliente, e depois outro, e depois mais
outro…

Ao meio dia ele desce para um café na padaria do amigo Amaro, que fica
impressionado em ver o ‘antigo funcionário’ tão elegante em seu
primeiro terno…

Mais dez anos se passam, e agora o Dr. Agenor Baptista, já com uma
clientela que mistura os mais necessitados que não podem pagar, e os
mais abastados que o pagam muito bem, resolve criar uma Instituição
que oferece aos desvalidos da sorte, que andam pelas ruas, pessoas
desempregadas e carentes de todos os tipos, um prato de comida
diariamente na hora do almoço…

Mais de 200 refeições são servidas diariamente naquele lugar que é
administrado pelo seu filho , o agora nutricionista Ricardo
Baptista…

Anônimo disse...

parte 6
Tudo mudou, tudo passou, mas a amizade daqueles dois homens, Amaro e
Agenor impressionava a todos que conheciam um pouco da história de
cada um…

Contam que aos 82 anos os dois faleceram no mesmo dia, quase que a
mesma hora, morrendo placidamente com um sorriso de dever cumprido…

Ricardinho , o filho mandou gravar na frente da ‘Casa do Caminho’, que
seu pai fundou com tanto carinho:

‘Um dia eu tive fome, e você me alimentou. Um dia eu estava sem
esperanças e você me deu um caminho. Um dia acordei sozinho, e você me
deu Deus, e isso não tem preço. Que Deus habite em seu coração e
alimente sua alma. E, que te sobre o pão da misericórdia para estender
a quem precisar!!!’

Anônimo disse...

(História verídica)

Se acharem que vale a pena repassem, pois nunca é tarde para começar e
sempre é cedo para parar!!!

Embora não podemos voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um
pode começar agora de fazer um novo fim!!! beijos da julianna

Flávio Nunes. disse...

Olá Thaísa,

Fico muito feliz que eu tenha cumprido o prometido, antes mesmo de o saber..rs..
Tenho uma profunda admiração por todos que fazem parte da organização humanitária, os Médicos Sem Fronteiras!
Eu já conhecia o trabalho, mas muito pouco! Só agora venho estudando mais sobre a forma de atuação e trabalho que os MSF desenvolvem!

Não sabia que são mais de 28 mil profissionais espalhados por todo o mundo! Este é o tipo de dado que precisa ser divulgado e quem sabe, incentive cada vez mais pessoas a atuarem nesta causa tão nobre e importante para nosso planeta!

Os dados que você colocou aqui são de grande importância para todos o que desejam tomar conhecimento da organização e quem sabe participar diretamente ou indiretamente, como voluntário, colaborador, etc... Parabéns pela iniciativa! Quanto a você estar junta, um dia, entre eles..rs.. acho que você já está!!!!..rs..

Vou passar lá no site dos MSF e ver como tudo funciona! Vou bolar um novo tópico aqui no Blog para divulgar o trabalho! Você poderia me ajudar com isso, que tal?!?!..rs.. Texto + fotos e/ou vídeos! Aguardo contato!

Tenha uma ótima semana também! Obrigado mais uma vez pela atenção e carinho!

Abração,

Flávio Nunes.

Flávio Nunes. disse...

Olá Julianna,
Que bela história esta que contaste! Pelo fato de ser verídica, torta tudo ainda mais emocionante e comovente!
O espaço está livre para todos que queiram divulgar e repassar a história!
Tenha uma ótima semana minha amiga!
Abração,
Flávio Nunes.

Lisa disse...

Seu blog, é sem dúvida, um dos mais bem escritos e elaborados que tenho visto.

Parabéns pela sensibilidade e pelo dom de levar palavras àqueles que as apreciam, tanto quanto eu.

Lisa.

Flávio Nunes. disse...

Olá Lisa,
Fico lisonjeado com suas palavras! Como disse a um amigo, poucos dias atrás, e a uma amiga hoje cedo: Tenho esforçado-me bastante!..rs..
Fico feliz em saber que meus textos, e o Blog como um todo, está bem escrito e elaborado! Seu comentário é para mim uma grande alegria!
Esta é minha maneira de "levar palavras àqueles que as apreciam"!
Tenha uma excelente semana!
Abração,
Flávio Nunes.

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...