sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

O Ponto

Tudo começa num único ponto. Tudo termina num emaranhado de pontos; uma teia de circunstâncias, relações e pendências.

A maioria das pessoas passam mais tempo não sabendo o que fazer, que tendo plena e total certeza do(s) caminho(s) a seguir. Perdidos, tentamos nos encontrar em cada esquina da vida. Nutrimos esperanças, fortalecemos a fé e, muitas vezes, acreditamos sem ver e sentir, pois é tudo o que nos resta em meio ao caos.

Culpamo-nos por coisas que os outros dizem serem erradas, deixamos de viver e sermos felizes, simplesmente por achar que estamos desagradando o outro; enquanto o outro - grupo, pessoa ou coisa -, muitos vezes nos julga "persona non grata". Isso dá-se, na maioria das vezes, no âmbito da "obscuridade", indiretamente, em meio a sorrisos, jantares e piscadelas.

Só percebemos que algo está muito errado tempos depois. Os sinais costumam ser a rispidez, o afastamento, a hipocrisia (esta toma conta de ambos os lados envolvidos), o silêncio acentuado, o aperto no peito, a ânsia de choro e ira por motivos fúteis, entre outros. Perdemo-nos!

A grande questão é: Como nos encontrarmos novamente? Infelizmente não existe uma única resposta para todas as pessoas. Cada qual, à sua maneira, na sua essência e particularidade, na sua conversa íntima com aquela "voz", re-encontra seu próprio caminho e tudo quanto o porta à verdadeira felicidade e paz interior.

6 comentários:

* verinha * disse...

Olá Flávio!.. Passando para conferir seus posts, e que se diga de passagem, são sempre interessantes e nos proporcionam agradáveis momentos!

Uma beijoca em seu coração..
*verinha*

Flávio Nunes. disse...

Olá Verinha,
Hoje escrevi um texto vindo para o trabalho! Em pleno metrô, estava eu escrevendo para saciar meu desejo "oculto" de deixar-me transparecer!
Irei publicá-lo hoje a noite ou amanhã à tarde!
Abração minha amiga, obrigado mais uma vez pela sua visita aqui no Blog e pelo seu comentário!
Flávio Nunes.

Antonio de Aruanda disse...

Lindo texto, amigo - como sempre.

Flávio Nunes. disse...

Olá Antônio,
Obrigado pelo seu comentário amigo! Eles são sempre muito importantes para mim!
Tenha um ótimo final de semana!
Abração,
Flávio Nunes.

Ká Oliveira disse...

Olá querido...
Mais um texto bem interessante... adoro estes que terminam co perguntas e nos fazem almejar pelas suas respostas... mas como aqui estamos falando em nos encontrar; que tal o ponto da sua pupila no reflexo de um espelho? hahaha as vezes dá certo..
beijo grande
karina

Flávio Nunes. disse...

Olá Ká,

Obrigado pelo comentário e pela dica sobre olhar o reflexo em minha pupila!

Continue acompanhando o Blog e fazendo seus comentários! Adoro quando abro minha caixa de e-mail e ali estão eles, os comentários! É sinal que meus textos podem ser lidos e apreciados..rs..

Tenha uma excelente semana!

Abração,

Flávio Nunes.

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...