segunda-feira, 14 de março de 2011

Existir é Ser Possível...

Olá Pessoal,


Recebi este e-mail através de um amigo no site "O Livreiro"! Achei bem legal e resolvi postá-lo aqui!!!!!


Abração,


Flávio Nunes.








"Existir é Ser Possível Haver Ser 

Ah, perante esta única realidade, que é o mistério, 
Perante esta única realidade terrível — a de haver uma realidade, 
Perante este horrível ser que é haver ser, 
Perante este abismo de existir um abismo, 
Este abismo de a existência de tudo ser um abismo, 
Ser um abismo por simplesmente ser, 
Por poder ser, 
Por haver ser! 
— Perante isto tudo como tudo o que os homens fazem, 
Tudo o que os homens dizem, 
Tudo quanto constroem, desfazem ou se constrói ou desfaz através deles, 
Se empequena! 
Não, não se empequena... se transforma em outra coisa — 
Numa só coisa tremenda e negra e impossível, 
Urna coisa que está para além dos deuses, de Deus, do Destino 
—Aquilo que faz que haja deuses e Deus e Destino, 
Aquilo que faz que haja ser para que possa haver seres, 
Aquilo que subsiste através de todas as formas, 
De todas as vidas, abstratas ou concretas, 
Eternas ou contingentes, 
Verdadeiras ou falsas! 
Aquilo que, quando se abrangeu tudo, ainda ficou fora, 
Porque quando se abrangeu tudo não se abrangeu explicar por que é um tudo, 
Por que há qualquer coisa, por que há qualquer coisa, por que há qualquer coisa! 

Minha inteligência tornou-se um coração cheio de pavor, 
E é com minhas idéias que tremo, com a minha consciência de mim, 
Com a substância essencial do meu ser abstrato 
Que sufoco de incompreensível, 
Que me esmago de ultratranscendente, 
E deste medo, desta angústia, deste perigo do ultra-ser, 
Não se pode fugir, não se pode fugir, não se pode fugir! 

Cárcere do Ser, não há libertação de ti? 
Cárcere de pensar, não há libertação de ti? 

Ah, não, nenhuma — nem morte, nem vida, nem Deus! 
Nós, irmãos gêmeos do Destino em ambos existirmos, 
Nós, irmãos gêmeos dos Deuses todos, de toda a espécie, 
Em sermos o mesmo abismo, em sermos a mesma sombra, 
Sombra sejamos, ou sejamos luz, sempre a mesma noite. 
Ah, se afronto confiado a vida, a incerteza da sorte, 
Sorridente, impensando, a possibilidade quotidiana de todos os males, 
Inconsciente o mistério de todas as coisas e de todos os gestos, 
Por que não afrontarei sorridente, inconsciente, a Morte? 
Ignoro-a? Mas que é que eu não ignoro? 
A pena em que pego, a letra que escrevo, o papel em que escrevo, 
São mistérios menores que a Morte? Como se tudo é o mesmo mistério? 
E eu escrevo, estou escrevendo, por uma necessidade sem nada. 
Ah, afronte eu como um bicho a morte que ele não sabe que existe! 
Tenho eu a inconsciência profunda de todas as coisas naturais, 
Pois, por mais consciência que tenha, tudo é inconsciência, 
Salvo o ter criado tudo, e o ter criado tudo ainda é inconsciência, 
Porque é preciso existir para se criar tudo, 
E existir é ser inconsciente, porque existir é ser possível haver ser, 
E ser possível haver ser é maior que todos os Deuses. 

Álvaro de Campos, in "Poemas" 
Heterónimo de Fernando Pessoa "




Foto: http://pt.wikisource.org/wiki/Autor:Fernando_Pessoa

10 comentários:

Edrsante disse...

SIMPLESMENTE, LINDO, LINDO, ADOREI SEU BLOGGER E POST, GANHOU UM SEGUIDOR, BJOS.

Flávio Nunes. disse...

Olá Edrsante,
Obrigado pelo comentário e por ter gostado do Blog! Sinto-me muito feliz por tornar-se um seguidor do Blog!
Uma dica: Vasculhe por aí, tenho certeza que encontrará mais coisas interessantes..rs..
Tenha uma ótima semana!
Abração,
Flávio Nunes.

Ká Oliveira disse...

Oi querido Flávio...
Simplesmente maravilhoso esse poema.. incrível que é como estou me sentindo nesses últimos dias.. o universo parece ser tão grande por dentro e tão pequeno por fora que apavora, não é mesmo?
Desculpe o desabafo... é muito bom ler algo que você sente e não consegue explicar em palavras..
Sempre por aqui
Karina

Flávio Nunes. disse...

Olá Ká,
Vou lhe confessar algo; tenho grande dificuldade para sintetizar em poucas linhas um sentimento, emoção, ato,... tento, mas minha mente e meus dedos vão, vão, e quando vejo já escrevi parágrafos..rs.. Acho fantástico a capacidade do poeta de sintetização!
Certa vez escrevi um texto aqui e um amigo me respondeu com duas linhas! Ele é um poeta, e disse nestas duas linhas o que eu disse em quatro parágrafos ou mais..rs.. Fantástico!
Sim, o universo apavora... mas é muito bom saber que ele existe fora de nós e em nós!!!!!..rs..
Tenha uma ótima semana minha amiga!
Abração,
Flávio Nunes.

Nejmi Aziz disse...

Viver é maravilhoso! Ainda mais quando podemos usar nossa saúde e energia para fazer o bem as pessoas que precisam!
Parabéns pelo seu blog excessivamente humano!!
Que vc continue sempre levando estas palavras de força e criatividade aos internautas! O mundo precisa disso :-)
Com respeito

Nejmi Aziz

Gata Lili disse...

Menssagem boa. Feliz de quem pode ler.

Flávio Nunes. disse...

Olá Nejmi,
Primeiramente gostaria de agradecer a sua presença, leitura e comentário aqui no Blog! Neste dia da poesia não poderia ficar de lado uma postagem poética!
Tentarei, com toda energia que corre em minhas veias, levar ao mundo sempre uma palavra, um gesto, uma atitude,... de força e criatividade! O Blog é meu canal de ligação com o mundo virtual e, certamente, com o mundo real!
Tenha uma ótima semana e passe por aqui sempre que puder... as portas estarão sempre abertas!
Abração,
Flávio Nunes.

Flávio Nunes. disse...

Olá Gata Lili,
Obrigado pela visita e comentário! Concordo plenamente contigo, feliz daquele que pode ler esta e tantas outras poesias,... romances, crônicas, contos,...rs... Ler é sempre um bom remédio!!!!
Tenha uma excelente semana!
Abração,
Flávio Nunes.

Verinha disse...

Vi que tinha coisa nova por aqui e não poderia deixar de vir para conferir [:)] .. Bem interessante o texto.. gosto de textos que possuem uma abrangência e profundidade na interpretação!
Beijocas super em seu coração Flávio e uma belíssima semana para você!

Verinha

Flávio Nunes. disse...

Olá Verinha,
Obrigado por ver e vim conferir..rs.. Hoje, para o Dia da Poesia, não podia deixar de postar algo poético! Valeu por vir...rs.. e volte sempre..rs..
Tenha uma ótima semana!
Abração,
Flávio Nunes.

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...