quinta-feira, 10 de março de 2011

Histórias de Criança!

Olás,

A pouco mais de dois anos fiz uma viagem que mudou completamente a minha vida! Esta foi de profundo aprofundamento espiritual e auto-conhecimento! Marcou-me tanto que a contarei no meu primeiro livro. No momento ainda está em fase de desenvolvimento e organização de idéias, entretanto, acredito que até o segundo semestre eu esteja com os originais nas mãos!

Mas o motivo desta postagem é dizer que após ver estes três vídeos que posto no fim do texto, recordei das famílias e seus respectivos filhos, que conheci na ocasião desta minha viagem! Eram de várias partes do mundo; Suécia, Alemanha, China, Itália e do Brasil. A idade das crianças variavam de alguns meses até 10 anos.

Certo dia eu andava próximo ao local onde moravam e vi algo que me chamou muito a atenção; todas as crianças, dos diversos países, com linguas e culturas completamente distintas, brincavam juntas e riam juntas. Via-se que antes de qualquer coisa que as distinguiam, havia algo que as ligavam profundamente. Dava para sentir uma atmosfera límpida, serena e leve. O clima era de fraternidade, no sentido mais completo e simples da palavra. Minha conclusão? É possível convivermos juntos, é possível conhecer a guerra sem guerrear, é possível que desenvolvamos a paz mundial, e por último...rs... as crianças são sempre crianças em qualquer parte do mundo!..rs..

O simples ato de olhar para aquelas crianças, de diferentes países, e porque não dizer continentes, brincando e se divertindo,  trouxe-me uma paz e uma alegria tão grande e tão tênue, que soube imediatamente: "o mundo precisa ver isto"! Este é um tipo de sentimento e visão poucas vezes experimentado pelo ser humano!

Desejo que gostem dos vídeos! Conselho: Imagine que estas meninas são suas irmãs mais novas, filhas, sobrinhas, netas, alunas,... e coloquem-se diante delas com o coração aberto, deixando o texto fluir! Tentem entrar no mundo delas...rs... vocês verão que o mundo pode ser mais alegre e cheios de possibilidades para maior promoção da alegria, da paz e do amor!

Abração,

Flávio Nunes.









Foto: http://www.estantevirtual.com.br/blogdaestante/2010/10/06/o-livro-ideal/

6 comentários:

gelci disse...

Bom dia. permita-me...
Dizer que aprendi a amar com uma criança especial, que quando ela me ensinou tudo que sabia Papai do céu a levou de volta, ela cumpriu sua missão fio a fio e eu aprendi que o amor existe até no vazio, paz ao teu coração e sejas feliz!

Flávio Nunes. disse...

Olá meu amigo,
Acredito que cada um de nós é uma "estrela" em potencial..rs.. Brilhamos mais de acordo com o amor que doamos e recebemos! Alguns indícios me levam a crer que o Eterno Pai porta-nos a este mundo para brilhar, e quando estamos completamente reluzentes é hora de "enfeitar" os céus!
Sim meu amigo, tenho certeza que o amor exista até no "vazio"! Às vezes estas estrelas, que passam em nossas vidas, deixam rastros de amor e felicidade tão fortes que nem a ausência física pode apagar tamanho preenchimento meta-físico!
Obrigado mais uma vez pelo seu comentário meu amigo!
Abração,
Flávio Nunes.

Ká Oliveira disse...

Oi querido Flávio,
Muito boa mensagem desse post... Eu sempre disse que as crianças, sempre foram minha fonte da juventude..rsrs.. fui professora de Educação Física.. numa entidade filantrópica.. talvez você conheça.. ACM. Um dos melhores tempos do meu início de vida responsável..
Elas, as crianças, são verdadeiras, amorosas e fazem da nossa vida uma alegria.. Sabe, nunca obriguei as minhas filhas beijar o rosto de quem elas não estavam com vontade.. isso sempre foi um radar sobre a personalidade do adulto em questão..rsrs.. feio, né? mas que fique entre nós e seus leitores..
beijo grande
Karina

Vanusa disse...

É, há tanto que deveríamos aprender com as crianças! Nós adultos precisamos aprender a ouví-las, não?!
Belíssimo post, obrigada por compartilhar.
Abraço,
Vanusa Rodrigues

Verinha disse...

Simplesmente fantástico Flávio!.. Realmente com a pureza e ingenuidade das crianças não há argumentos... certamente que com elas temos exemplos de como é possível vivermos como irmãos.. sem preconceito.. é lamentável que quando crescemos complicamos tudo na vida né? rssss..
Opsss não se esqueça de que um dos exemplares de seu livro é meu com direito a autógrafo e tudo hein? [:)]
Beijocas super em seu coração Flávio!

Verinha

Flávio Nunes. disse...

Olá Ká,
Muito bom saber que as crianças para você são como fonte da juventude..rs.. tenho a mesma impressão!!!! Quanto a ACM (Associação Cristã de Moços), conheço o trabalho deles sim... parabéns por ter contribuído com esta bela entidade e pelo trabalho que realizou com as crianças!!!!!!
Quanto à forma de lidar com suas filhas, não deixando-as beijar o rosto de quem elas não gostavam... não acho nada feio, digo até natural!!!!! Lendo isso, lembrei-me de quando eu estava terminando o ensino médio e iniciando a faculdade. Lembro-me dos meus primos menores, dos amigos deles do colégio (Todos e todas pequeninos(as)), e das crianças que eu encontrava todas as vezes que iria para os bairros mais carentes da cidade prestar serviços voluntários! Só para encurtar a história; já recebi muitos beijos e abraços calorosos..rs..rs.. Minha mãe sempre dizia: "Não há uma criança que não goste do Flávio"!..rs.. Acho que isso é um bom sinal!!!!!
Tenha um ótimo fim de semana minha amiga!
Abração,
Flávio Nunes.


Olá Vanusa,
Concordo plenamente contigo, acho que nós adultos ouvimos pouco as crianças!!!! Gosto principalmente da naturalidade com que elas "quebram" os protocolos..rs.. Não por manha ou por serem mimadas, mas pelo simples fato de que protocolo só é seguido por quem sabe e/ou inventou uma determinada regra do nada..rs.. para a criança, viver, agir segundo a sua vontade e respirar é a mesma coisa!!!!...rs... Acho que devemos colocar certos limites, pela própria saúde e bem-estar das crianças, mas dentro de uma zona de conforto bom, temos que deixá-las serem crianças!!!!!!
Obrigado pelo comentário... Tenha um ótimo fim de semana!
Abração,
Flávio Nunes.


Olá Verinha,
Eu não tenho argumento algum quando estou diante de uma criança! Não sei o que ocorre, mas gosto de entrar em seu mundo e viver seus sonhos e suas histórias...rs... Como a Ká disse alí em cima noutro comentário "é minha fonte da juventude"!..rs.. Gosto de sentar no chão, jogar terra para cima, fazer desenhos rabiscados, viajar em suas histórias,... é fantástico!!!!!
Quanto ao seu lamento de "Peter Pan"..rs.., sim, temos a tendência a complicar tudo quando crescemos, infelizmente!!!!! As pessoas perdem muito tempo na vida moldando-se para que sejam aceitas pela sociedade e esquecem-se que o mais importante é ser feliz e amor, tal qual é e dentro das suas possibilidades!!!! Quem não entende isso, com o passar dos anos, vai enrijecendo e ficando rancoroso! Um sinal, disso é não gostar de crianças e de suas brincadeiras... Mas tenho uma teoria; este tipo de pessoa tornou-se amargurada e não sabe mais como ou não tem mais como, reverter esta situação, sente no fundo do coração que queria ser com aquela criança que brinca e corre, mas não pode e isso é que a deixa ainda mais rancorosa: A impossibilidade de voltar a ser criança!!!!! Contudo, seguindo com minha teoria, acho que todos nós podemos e devemos voltar a ser "criança"!!!!! Afinal, a pureza, a falta de maldade, sermos verdadeiros, amorosos, justos, tentar fazer da vida uma grande festa, etc, etc, etc... são todas características que existe em cada ser humano, basta deixá-las fluir!!!!!!
Tenha uma ótimo fim de semana minha amiga!
Abração,
Flávio Nunes.
PS: Quanto ao seu exemplar do livro autografado... é só aguardar!!!!...rs...

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...