terça-feira, 3 de maio de 2011

Deixar ser amado(a) por Deus!

Amar a Deus sobre todas as coisas, amar ao próximo como a ti mesmo, fazer a vontade de Deus, ser o primeiro a amar e amar o inimigo! De todos, o último é considerado o mais difícil. Mas, por experiência própria, digo que Amar a Deus sobre todas as coisas, é ainda mais difícil que amar o inimigo.

Quantas vezes você foi interpelado por alguém e contra a parede negou a Deus? Quantas vezes recusou um chamado para sair com os amigos, cujo o único intuito era embriagar-se e "caçar" o sexo oposto em busca de uma noite de prazer passageira, volátil e fútil? Quantas vezes, por pura onda dos amigos, deixou de lado os conselhos dos pais e aventurou-se em mares desconhecidos só para não parecer fraca(o) diante da maioria? Quantas vezes atendeu ao pedido: Vamos a igreja hoje ou no próximo fim de semana? Vamos fazer uma oração juntos? Já deu de beber a quem tem sede e comer a quem tem fome hoje? Já vestiu quem estava com frio, com roupas dignas e não com as roupas velhas e as sobras que possuía? Já visitou algum enfermo com o coração repleto de amor para doar-lhe vida e boas energias?

Amar a Deus sobre todas as coisas é estar no mundo sem ser do mundo, é dizer com convicção: Amo Deus sobre todas as coisas! Isso não quer dizer que deva abandonar os amigos, os momentos de descontração, os(as) namorados(as), etc. Quer dizer que você pode fazer tudo isso com o coração projetado Nele e não deixar levar-se por prazeres passageiros e corriqueiros! Amar a Deus sobre todas as coisas significa viver bem o momento presente e fazer de cada instante da vida uma oração. Como se faz isso? Amando o próximo, recomeçando, amando por primeiro, caindo e levantando rapidamente, indo à missa, tendo um momento de oração diária, amando o inimigo, etc... As maneiras de Amar a Deus sobre todas as coisas são diversas!

Um bom começo é imaginar ser um instrumento nas mãos de Deus, ou seja, imagine que Deus é um grande artista - pintor ou escultor -, e você é o pincel ou o cinzel. A tela da vida está em branco, o artista é hábil e muito competente, mas sem o instrumento certo, sua obra não fica pronta e ninguém poderá admirar a beleza que se existe na criação. E então, preparado para deixar Deus conduzir sua obra de arte? Um segredo: Em outra perspectiva somos também a tela em branco e a pedra bruta que precisa ser trabalhada e enfim, mostrada ao mundo, quão maravilhoso é aquele que nos criou!


Foto: http://pastor-rafael.blogspot.com/2011/01/amar-deus.html

8 comentários:

* Verinha * disse...

Sem tirar nossa parcela de contribuição.. devemos mesmo deixar que o Criador direcione nosso caminhar!

Beijocas super em seu coração Flávio!

Flávio Nunes. disse...

Boa noite Verinha,
Sejamos o instrumento não mão do Criador e façamos de nossas vidas uma obra de arte!
Tenha uma ótima semana!
Abração,
Flávio Nunes.

Brasigrega disse...

A fé consiste em se entregar à vontade de Deus e não ficar cobrando...Mas nem sempre conseguimos, afinal somos humanos.

Flávio Nunes. disse...

Olá Brasigrega,
A fé é um ato de puro amor e entrega à vontade de Deus! É uma certeza "cega" e repleta de paz, que nos porta sempre a lugares magníficos!
Obrigado por suas palavras! Tenha uma ótima semana!
Abração,
Flávio Nunes.

Gabriela disse...

É, amar a Deus sobre todas as coisas, significa amar tudo e todos. Tudo que tem vida nesse mundo faz parte de Deus, quanto mais amor espalhamos, maior é o nosso amor pelo criador. É esse tipo de texto que faz com que tenhamos mais fé nas pessoas puras de coração diante de um mundo onde a individualidade e egoísmo ocupam maiores espaços a cada dia. Abração Flávio e obrigada pelo lindo texto!

Flávio Nunes. disse...

Olá Gabriela,
Passando para agradecer as suas palavras! Amar a Deus é entender que nosso caminho está antes de tudo no convívio harmonioso com tudo e todos. No Amor a Deus a individualidade e o egoísmo não tem vez!
Tenha um ótimo fim de semana minha amiga!
Abração,
Flávio Nunes.

Ká Oliveira disse...

Olá querido amigo!!!
Sempre digo.. podemos cuidar do lado espiritual da família sempree em todas as atividades diárias! E lógico quando uma oportunidade aparece, fale sobre!
Grande beijo

Flávio Nunes. disse...

Olá Ká,
Suas últimas postagens estão sendo setas no meu caminho... obrigado pela amizade e carinho de sempre!
Abração minha amiga,
Flávio Nunes.

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...