quinta-feira, 19 de maio de 2011

"Kits" nas Escolas!

Olá Pessoal,

Um grupo de amigos estão discutindo sobre o "Kit Gay" (Kit de Combate a Homofobia nas Escolas), que é um material produzido por uma ONG que defende os direitos dos Homosexuais e, até onde se sabe, apoiado pelo MEC. A intenção é distribuir este material nas escolas e suscitar diálogos e grupos de discussões entre os alunos, levando, como conseqüência, à diminuição do Bulling e discriminação entre os alunos, daqueles indivíduos que se assumem Homo ou Bi-sexuais!

Ainda não tenho uma opinião completamente formada sobre este assunto, entretanto gostaria de manifestar o que já refleti e concluí até o momento. Sou contra qualquer tipo de discriminação que possa haver, uma vez que somos seres humanos, filhos de Deus, independente de raça, etnia, cor, sexo, maneira de pensarmos, agirmos, nos emocionarmos,... Acho que é válido apresentarmos às nossas crianças o tema proposto, contudo devemos tomar muito cuidado com a maneira com que faremos isso.

Assistindo a uma notícia hoje, num telejornal, achei pertinente a opinião de um aluno de 16 anos que havia acabado de assistir os vídeos que estão presentes neste "Kit Gay". Ele diz o seguinte: "Acho que os vídeos não condizem com a realidade. Se eles fizessem vídeos de adultos ou adolescentes que são homosexuais, contando como foi para ele descobrir isso, suas dúvidas, dificuldades, preconceitos sofridos ou não,... Seria mais fácil para as pessoas entenderem"!

Tomo a liberdade agora de pegar a opinião de um amigo, que muito me chamou a atenção, e partilhá-la com todos vocês. Ele diz o seguinte no e-mail que recebi:

"Mas há um pequeno problema... Só se
pode dar o que se tem. E de educação estamos carentes.

Por outro lado, ainda discordando tanto da distribuição quanto da
discriminação, penso que há motivos para a não distribuição. Penso que
temos que distribuir muitos outros kits antes desse. Podemos começar
com o Kit Corrupto e Kit Saúde, já que vai ser difícil começar pela
família.

Enfim, deixo o meu Kit Abraço".


Então pessoal, que tal lutarmos no governo também pelo desenvolvimento do "Kit Corrupto" (Kit de incentivo a honestidade entre os políticos), do "Kit Saúde (Kit de combate a diminuição de mortes nos corredores de hospitais públicos e melhoria no atendimento à pessoas de baixa renda)", do "Kit Família" (Kit de Insentivo à Perpetuação da família, diminuição do aborto e promoção da vida), do "Kit Educação" (Kit de salários justos para nosso professores, material didático e comida decentes para os alunos das escolas municipais), do "Kit Salário Justo para os Parlamentares" (Kit que faça os parlamentares entenderem que existem familias que vivem com um ou dois salários mínimos mensais, enquanto eles brigam para ganhar mais e ter mais regalias), etc, etc, etc.... Então, alguém sugere algum Kit que também devêssemos lutar?!?!?!

Um abração bem apertado,

Flávio Nunes.


Foto: http://decoloresnoticias.com.br/brasileiros-promovem-abaixo-assinado-contra-distribuicao-do-kit-gay-a-criancas-do-primario/

7 comentários:

* Verinha * disse...

Não questiono a boa tentativa.. porém sei bem que qdo eles começam com essas campanhas.. nem sempre é colocada na prática de forma adequada, o que certamente acarretará situações piores das já existentes. Enfim.. rsrsrs

Beijocas super em seu coração Flávio!

Flávio Nunes. disse...

Olá Verinha,
Obrigado pela sua opinião! Você saber como é que essas coisas funcionam nas escolas não é mesmo!!!
Rezemos para que as situações piores não apareçam e as pessoas possam colher bons frutos disso tudo!
Tenha um ótimo final de semana!
Abração,
Flávio Nunes.

PS: Peço-lhe desculpas publicamente, pois com os preparativos para o casamento não pude enviar ainda o seu brinde! Mas fique certa que o farei! Conto com sua compreensão. Abração minha amiga!

D. disse...

Bom dia Flavio :)

Na minha opiniao, este "Kit Gay" vai dar mais dor de cabeça que outra coisa... Nao digo isso por ser totalmente contra a distribuiçao de tal Kit (visto que tem tantas outras coisas com quais devemos nos preocupar... tantos outros Kits a serem distribuidos...) mais pelo bom senso: imagine se uma criança chega em casa depois de ter visto tal video: vai sair de la cheio de perguntas, e certamente a Pfra vai tentar responder algumas porém nem todas... Entao chegando em casa a criança vai falar com o pai ou a mae sobre isso... Imagine qual sera a reaçao de tais pais? A criança podera até ser vitima de violencia fisica simplesmente por haver um mundo de pergunta na sua mente... Isso é apenas uma situaçao pratica na qual estava refletindo ultimamente... Pois muita das vezes esquecemos o cotidiano das crianças que infelizmente frequentam escolas publicas (digo infelizmente pois o sistema de educaçao brasileiro tem ficado cada vez pior e mais discriminativo)...
Enfim, esse é meu ponto de vista, antes de querer mostrar e distribuir o Kit Gay, o sistema de Educaçao deveria se preocupar com outras prioridades!

Bom Fim de semana pra vc e para todos que lêem teu blog, mesmo se nao comentam :)

Danielle C. F. Barboza disse...

Oi, Flávio, como vcs eu também não discuto a boa intenção, mas como é com a Cota, bolsa família e outros projetos sociais do governo, essa prática mais parece tampar o sol com a peneira do que resolver o problema. Adorei!!! bjs

Ká Oliveira disse...

Oi querido amigo,
Bom, inicialmente, quero deixar minha opinião sobre o kit.. começou errado: por que Kit gay e não Kit opçao sexual? Por que falar só de homosexuais e não de heteros também? Caso for distribuído nas escolas, uma reunião ou um aviso aos pais que se preparem para as perguntas seria interessante. O preconceito/bulling nesse caso seria apenas incentivado se não abordassem todas as opções. Um video e/ou palestra sobre experiências homo seria ótimo, mas também sobre heteros também... Que pais falam de suas experiências claramente? Eles impõem os tabus, deixando o adolescente preconceituoso ou já traumatizado e amedrontado com sua preferência... enfim, gostaria muito que campanhas como essas vindas da iniciativa governamental, funcionassem, mas perdi a fé na fonte desse trabalho.
Falei muito... assunto pra uma noite inteira tomando umas e comendo uns petisquinhos com "to be continued" para os próximos encontros...
Grande abraço
Feliz Final de semana

Fábio disse...

Bom esse "kit" é uma boa iniciativa, tbm acho que deveriamos ter outros "kits". Mas acho que não é uma má ideia desse kit aí... Enfim precisamos abrir os olhos e tomar muito cuidado pra não confundir a cabeça ainda em formação dos adolescentes e crianças. Já que muitos nem sabem o que querem, ser homo, bi, hetero ou sei lá o que...

Flávio Nunes. disse...

Olá D., Danielle, Ká e Fábio,

Primeiramente e antes de tudo, peço desculpas em demorar para responder. Nos últimos dias minha vida está uma correria que dá gosto..rs.. Reta final para o meu casamento e muitas coisas para resolver!

Desculpem-me mais uma vez por uma resposta única para todos, mas dessa forma consigo atender a todos de uma só vez.

Li os comentários de todos e achei muito pertinente o que cada um de vocês escreveu. Acho pertinente a preocupação de "D." no que concerne o ato da criança tratar desse tema em casa, sendo seus pais muito conservadores. Acho que isso realmente pode gerar um choque emocional muito grande e gerar situações constrangedoras desnecessárias!

Obrigado por manifestar as suas preocupações Danielle. Com certeza temos coisas mais emergentes para trabalharmos e melhorarmos.

Querida Ká, bela explanação. Uma vez que mostramos apenas um lado da moeda e não damos um maior amplitude ao tema, corremos o risco de gerarmos maiores divergências de pensamentos em nossos jovens. Certamente, na base, se não nos dermos conta, ao invés de informarmos e formarmos novos jovens, incitaremos mais preconceito dentro e fora das escolas.

Caro Fábio, Obrigado pela sua opinião. Acho que se for para fazer tal coisa é bom passar para os jovens e adolescentes o tema com a maior amplitude possível. Falar sobre Hetero, Homo, Bi, Trans,... e "sei lá o que"... Já não sei o que é mais difícil para certos indivíduos, escolher o sexo ou a universidade que deseja seguir como profissão futura!

Como disse minha amiga Ká, "assunto pra uma noite inteira tomando umas e comendo uns petisquinhos com 'to be continued' para os próximos encontros..."!

Abração pessoal,

Flávio Nunes.

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...