quarta-feira, 4 de maio de 2011

Resumo dos Séculos!

Ao escutar determinadas músicas, geralmente clássicas, envolvo-me a tal ponto que sinto um que de transcedental. Trago a música até o lugar onde estou e minha vida, naquele instante, passa a ter trilha sonora.
Olhar os transeuntes na rua pode transportar-me a um passado não muito distante ou fazer-me fantasiar uma vida em que todos tem um segredo escondido, prestes a ser revelado. Eis o poder da música em minha vida!

Uma viagem de metrô pode ser um caminho para um mundo de fantasia, um martírio, um vislumbramento, um momento de comoção, uma preparação para o próximo Ato. As estações podem passar mais apressadamente ou tão ligeiras quanto o pensamento. Os cabelos da senhora à minha frente, o chaveiro de tartaruga na mochila da estudante, o colar da executiva, os brincos da bebê, os óculos, as bolsas, os livros, os tipos mais variados de seres humanos, confinados num espaço comum e temporário, tendo que conviver com toques, cheiros, cores, tons de voz, olhares vivos e outros perdidos. Milhares de anos de evolução resumidos num olhar.

As nuances da música, suas oitavas e suas harmônicas, tudo eleva-me ao mais alto dos céus, ao mais longinquo passado e projeta-me ao mais ilusório futuro. Num instante percebo que tudo isso não seria possível sem uma entrega total ao momento presente e à mim mesmo. Neste instante dou-me conta que sou o resumo dos séculos e a potência contida do universo.

Quando minha música "acabar", a vida voltará a ter cores foscas!



Foto: http://platea.pntic.mec.es/~rgutie1/aleph.htm

4 comentários:

Gabriela disse...

Adorei!Transformar as coisas chatas e estressantes do cotidiano em momentos mágicos usando a arte da imaginação!!!
Abração Flávio!!!

Flávio Nunes. disse...

Olá Gabriela,
Obrigado por escrever! Coloca imaginação nisso...rs..
Tenha um ótimo fim de semana!
Abração,
Flávio Nunes.

Ká Oliveira disse...

Olá querido amigo!!!
Música querido, e'stá na batida dos nossos corações, na cadência da nossa respiração, no ritmo dos nossos passos ou na mudança de marchas do nosso carro...
ou seja, a música nunca "acabará"
Amo fazer as coisas ouvindo música...
Beijo grande

Flávio Nunes. disse...

Olá Ká,
Um amigo certa vez me disse exatamente estas palavras: "A música é muito mais que tocar bem um instrumento, ela faz parte da nossa natureza, a música, o seu ritmo e harmonia, é como as batidas dos nossos corações. É preciso sentir a música em tudo que fazemos"!
Só para dizer, quando escrevi "Quando minha música 'acabar'..."; quis falar sobre a "brevidade" da vida... Sem vida, tudo torna-se fosco!
Tenha uma ótima semana minha amiga!
Abração,
Flávio Nunes.

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...