segunda-feira, 4 de julho de 2011

Coisa com Coisa!

Os passos séquidos daquele, faz do todo que és um lúgrube sopro de eternidade.

Inerte fica a mente, enquanto o corpo padece na relva diminuta do intervalo entre o passado e o futuro.

Sub-julgado, já é tarde para ter de volta aquilo que deixou dele tomar. Como um verme em terra fresca regozíja-se com o húmus que lhe sobrou.

Devora os sonhos alheios uma vez que os dele já foram tomados à força. Vítima de um assassinato intelectual, tenta agora roubar almas para sua causa.

Justifica seus atos como naturais. Perde-se, atola, vomita, sucumbe e torna-se cada vez mais um vivo-morto.
"Sou uma vítima"! É o que sabe dizer, e o faz bem, pois alimenta-se da misericórdia alheia. Seu manjar é a compaixão dos outros; suga até a alma.

É um carniceiro, um predador, um medíocre e hipócrita húmus da terra. Entra milénio e sai milénio, e naquilo que é "bom", amadurece e aperfeiçoa-se.

Nasceu em meio à luz, mas achou o brilho intenso e demorado demais. Optou pelos prazeres e nojeiras, hoje não vê saida. Mal-diz o livre-arbítrio, cospe uma saliva densa e contaminada.

Amaldiçoado fez seu destino, de eterno aperfeiçoar. Nunca satisfeito está, nem para claro, nem para escuro e demais afins. Atormentado, morre sem perceber a plenitude da vida.

Agonizante, balbucia palavras de rendição e clama pela luz que, por escolha própria, abandonou a muito. Singela luz, lhe concede o céu e livra sua alma do inferno que escolheu para si.

Arrependido, chora e recomeça instintivamente. Passará mais uma eternidade até que uma fagulha lhe ateie fogo novamente.

6 comentários:

Artes e escritas disse...

As escolhas existem em todos os caminhos. Um abraço, Yayá.

Flávio Nunes. disse...

Olá Yayá,
Concordo contigo! Sempre há escolhas e sempre é possível recomeçar!
Tenha uma ótima noite!
Abração,
Flávio Nunes.

Ká Oliveira disse...

Oi Flá,
Precisei recomeçar o texto umas vezes.. quando mudei a entonação da leitura, quase um sibmol ou fámenor, consegui ler e entender essa quase psicografia de um suicida cheio de dúvidas...
Ir para o céu ou para o inferno? kkkkk..
Adorei!
Beijo Grande

Flávio Nunes. disse...

Oi Ká,
Em meio aos meus devaneios e "desconexões" tentei buscar algumas coisas puramente humanas e que ninguém tem vontade de dizer e assumir!
Abração minha amiga,
Flávio Nunes.

DIREITONEWS.COM disse...

Nasceu em meio à luz, mas achou o brilho intenso e demorado demais. Optou pelos prazeres e nojeiras, hoje não vê saida. Mal-diz o livre-arbítrio, cospe uma saliva densa e contaminada.
Um texto reflexivo para aqueles que ainda buscam as tenras e fáceis coisas da vida!!
Parabéns e que venham outros!! Sucesso sempre
TONI VASCONCELOS - WWW.DIREITONEWS.COM

Flávio Nunes. disse...

Olá Toni,
Obrigado pelo seu comentário e pelas felicitações! Certamente virão outros textos...
Tenha um ótimo final de semana!
Abração,
Flávio Nunes.

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...