segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Sementes de Amor!

Que grande coisa é sentar diante do computador e fazer o que melhor sei fazer! Tenho planos e projetos inacabados, tenho anseios por mudanças satisfatórias no mundo, luto por causas polemicas, abro o peito e dou a minha cara a tapa, ofereço a outra face, despojo-me dos meus medos e inseguranças, dou mais um passo, e outro, tentando lançar no solo da sociedade coisas que valham a pena ser vistas, ouvidas, lidas, comentadas, refletidas e mudadas.

Tem certas coisas que são mais afirmações, outras trazem certas "verdades" e outras são perfeitas idiotices e maluquices. Devaneios tolos de uma mente tola, reflexões de um homem que transita entre outros humanos e vê refletido neles aquilo que em si mesmo há de mais bondoso e cruel. "Devemos ser a mudança que queremos ver no mundo", li certa vez. Mas que mudanças são estas? Se após a relativização da maioria das coisas ainda não consigo lidar comigo mesmo, imagine se conseguirei lidar com o mundo. O que é para mim, não o é para o outro.

Às vezes acho que estou dando murros em ponta de faca, que estou brigando com paredes de água e tempestades de areia em meio ao grande e vasto descapo que existe entre o que sou e o restante do mundo. Mas não desisto, não posso desistir. Se esmoreço nem que seja por um segundo, o meu antagônico ganha força e que serei eu diante das dores e malfazeres do mundo? Parece uma luta injusta e cruel, no entanto ainda continuo vivo e isso significa alguma coisa. É sinal que ainda há esperança, ainda há desejo de novo, ainda há desejo de felicidade e de amor.

Toma, dou-lhe meu coração! Você o deseja? Deseja tê-lo e cuidá-lo para que não morra à míngua? Ressequido tornar-se-á meu coração se não for dividido, dilacerado por causas justas e pelos inúmeros amores que tenho e ei de ter. Amor à Deus, amor à vida, amor à minha esposa, amor à minha família, amor à literatura, amor à ciência, amores e mais amores... eis o que desejo espalhar por aí! Sementes de amor!


Foto: http://danidiasl.blogspot.com/2011/06/quem-podera-fazer-aquele-amor-morrer-se.html

10 comentários:

Assis Azevedo disse...

Amigo Flávio,

Sementes de Amor já diz tudo. Seu texto desenvolve muito bem o que significa esse sentimento. Parabéns!

Ká Oliveira disse...

Bom dia querido amigo!
Desabafo muito interessante e revigorante numa segunda-feira, onde a rotina bate à porta mais uma vez e tudo volta a andar com o relógio: volta às aulas, natação, música, dietas, enfim.. a correria da busca à missão cumprida ao final do dia..
Sementes boas as suas... melhores ainda, pois as espalha e semeia.
Grande Semana pra ti anjo!
Beijos

Flávio Nunes. disse...

Olá Assis,
Obrigado mais uma vez pela atenção e pelo comentário! Fico muito feliz que tenha gostado do texto!
Tenha uma ótima semana!
Abração,
Flávio Nunes.

Flávio Nunes. disse...

Olá Ká,
Acordei hoje com uma coisa restringindo-me o coração e com uma vontade de falar das coisas que meu coração está cheio... Coisas acontecem em nossas vidas constantemente, coisas boas e coisas ruins, que nos faz escolher para que lado devemos conduzir nossas vidas! Ciclos de vida, redigidas pelo espaço e pelo tempo... a cabeça gira, o mundo muda, o tempo escoa tão rápido ou tão devagar quanto desejamos! Assim, vamos vivendo um dia de cada vez, um passo de cada vez!
Não sou mais que um semeador que procura solo fértil!
Tenha uma ótima semana minha amiga!
Abração,
Flávio Nunes.

Miro Silverio disse...

Parabéns pelo texto...que vc continue semeando sentimentos traduzidos em palavras tão lindas e que fazem significado no mundo conturbado em que vivemos hoje...!

Flávio Nunes. disse...

Olá Miro,
Obrigado pelo comentário e por suas palavras! Acho que cada um de nós deveria ser uma Semente de Amor no mundo. Dessa maneira, daqui a alguns anos, colheríamos mais amor e menos dor.
Tenha uma ótima semana!
Abração,
Flávio Nunes.

Zaymond Zarondy(ZZ) disse...

Parabéns pelo blogs, pelas criações e pela criatividade. ZZ

Flávio Nunes. disse...

Olá Zaymond,
Obrigado pela visita e pelo comentário. Volte sempre que puder.
Abração,
Flávio Nunes

`´é`´ disse...

pessol vocês sabem de quem é a autoria dessa imagem?

Flávio Nunes. disse...

Olá `´é`´,
A fonte de onde tirei a foto está no fim da postagem: Foto: http://danidiasl.blogspot.com/2011/06/quem-podera-fazer-aquele-amor-morrer-se.html . Apenas repliquei a imagem de uma fonte conhecida. Qualquer interesse maior pela foto deve ser levado ao conhecimento do autor que publicou a foto de onde busquei.
Att,
Flávio.

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...