sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Acreditar!

Certa vez, li num lugar: "Ter fé é acreditar que encontraremos todas as respostas antes mesmo de descobrir os meios para solucionarmos as dificuldades que surgirão"!

Acreditar! Eis uma coisa que poucas pessoas fazem ultimamente. Pouco tem-se visto uma pessoa "acreditando" em outra. O "Acreditar" é um verbo esquecido por muitos dentro da realidade social que vivemos ultimamente. Digo que hoje em dia, a maioria das pessoas tem esperanças, mas desacreditam que isso ou aquilo pode dar certo em suas vidas.

Assim como a Paciência e a Compaixão, o Acreditar é um dom que nos foi dado para o melhor vivermos em harmonia na sociedade. Mas onde foi que erramos? Por que deixamos de acreditar nas pessoas? Por que deixamos de acreditar que o mundo pode ser um lugar melhor para se viver? Por que deixamos de acreditar que nossas crianças serão responsáveis por um futuro melhor que o nosso? Por que não acreditamos mais na felicidade, na paz mundial, no diálogo inter-religioso,...?

Eu acredito no amor, na força da fé, num sorriso sincero, na compaixão, em Deus,... acredito que uma pessoa pode mudar o mundo se quiser, acredito que até o suspiro final todos temos condições de fazer o melhor para que o mundo torne-se um bom lugar para se viver, acredito que ninguém é uma ilha, acredito que o ser humano e a natureza como um todo, são as criações mais perfeitas de Deus e que Darwin/Lamarck estavam certos em seus estudos, acredito que Religião e Ciência não são antagônicas, acredito que é possível mudar o coração do homem para melhor, acredito no potencial individual de cada ser humano,... E você, em quais coisas acredita?

Podem me chamar de tolo e ingênuo, eu não ligo. Mas se pensarem assim, ao menos acreditem nisso, pois aí não serei um empecilho em seu caminho. Caso digam e não acreditem nisso, eu incomodarei. Não desejo incomodar ninguém! Peço apenas uma coisa; quando acreditarem em algo, que seja para o bem e para a promoção do amor e da paz. Só assim conseguiremos ser plenamente felizes.


Foto: http://lcybelle.wordpress.com/2010/11/06/eu-acredito/

4 comentários:

Ká Oliveira disse...

Oi querido amigo Flávio,
Gostei da vomitada..hahaha e tens dito!
Creio que a pessoa menos crente em alguma coisa crê tanto que não acredita em nada, que chega a se tornar um fanático de tanto que crê não ter nenhum apego...hahahahaha!
Anjo! continue incomodando os incomodados, pobres coitados!! ah! se precisar de ajuda, dois incomodam muito mais!
Grande beijo

Artes e escritas disse...

O ideal é que a humanidade possa viver em um razoável padrão de dignidade, com fé também se chega lá. Um abraço, Yayá.

Flávio Nunes. disse...

Olá Ká,
Fico feliz que tenha gostado da "vomitada"..rs.. Não havia pensado por esta perspectiva, mas obrigado por tê-la visto e compartilhado!!!!
Gostei da sua reflexão sobre o menos e o mais crente, sua convicção e apegos...rs..
Acho que nasci para ser, em alguns momentos, uma pedra no sapato de alguns..rs.. Quanto à sua ajuda, bem-vinda ao clube!!!!!!!
Tenha uma ótima semana!
Abração,
Flávio Nunes.

Flávio Nunes. disse...

Olá Yayá,
Adorei a sua reflexão... "Humanidade... dignidade... fé... esperança... conquista"!
Tenha uma maravilhosa semana!
Abração,
Flávio Nunes.

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...