sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Procrastinação / Inovação!

Às vezes perco-me em pensamentos e quando dou-me conta o tempo me escapa. Por vezes ele parece ter passado rápido demais, outras vezes lento demais. O importante, no entanto, é que em meio à abstração, busco silenciar o meu interior para fazer nascer algo novo.

Recentemente descobri mais um defeito que tenho, além da ansiedade e da preguiça, sou um grande procrastinador. Infelizmente tenho que admitir, preciso melhorar também nesse aspecto. Tenho tanto para fazer e sempre acho que o tempo nunca irá me fugir, no entanto, quando dou-me conta, lá se foi o tempo e cá estou eu, ainda com um problema para ser solucionado.

Soluções, procuro sempre. Nasci, ou desenvolvi com o passar dos anos, não sei bem, o desejo de ver o mundo diferente daquilo que se apresenta e descortina diariamente por si só. Isso me traz alegria e também certa angústia. Esta última vem, uma vez que não é muito fácil criar soluções e gerar coisas novas, à partir do nada. É sim um grande desafio.

Enquanto tiver forças, seguirei procurando ver o que poucos vêem e fazer o que poucos fazem, para o maior bem da minha vida e de toda a humanidade. Podem meus pensamentos e ações não agradarem a todos, todavia, no mundo também tem espaço para aqueles que acham melhor a busca e realização do novo ao conformismo e abdicação. 


6 comentários:

Ana Carolina disse...

Olá =]
Primeira vez no seu blog e adorei!
Me identifiquei muito com esse texto, parabéns!
Bjs,
Ana Carolina
http://palavrasonhada.blogspot.com/

Flávio Nunes. disse...

Olá Ana Carolina,
Obrigado pela visita e pelo comentário. Tenho me esforçado para publicar novos textos com a constância de antes, todavia algumas coisas mudaram e o tempo me foge..rs..
Obrigado por compartilhar o link do seu Blog. Brevemente passarei por lá.
Abração,
Flávio Nunes.

Valeria Braga disse...

Acho que tenho um problema oposto: não deixo nada pra depois. Isso pode até ser bom mas, como tudo na vida, tem consequências: acabo me sobrecarregando e gerando muita ansiedade pra dar conta de tudo. Enfim, o lance é encontramos o tão sonhado equilíbrio (pra tudo).
Bj
Valeria Braga

Flávio Nunes. disse...

Olá Valéria,
Pois é, que bom seria se eu fosse mais "hiperativo". Você levantou um ponto comum entre a atividade imediata e a procrastinação: a Ansiedade! O equilíbrio sempre será a grande meta de todos aqueles que buscam realizar seus sonhos e afazeres cotidianos.
Abração,
Flávio Nunes.

thiago camara disse...

Flávio, também estou num momento semelhante ao seu. E é muito estranho porque sempre fui muito hiperativo, acumulando funções, me lançando de cabeça em novos desafios, colocando expectativas nas situações e nas pessoas. Depois de algumas frustrações e decepções dei uma enoooorme desacelerada e vivo essa inquietação de querer me lançar/inovar, mas não conseguir sair do lugar, em muitas vezes. Valeu pela sua reflexão! Eu também tenho um blog e queria dividir com vc:

nosmaresdasletras.blogspot.com

Abraços,

Thiago Camara

Flávio Nunes. disse...

Olá Thiago,

Acho que nossa inquietação deve-se, em algum grau, ao fato de termos nos cansado de certas mesmices. Dar murro em ponta de faca, nos esforçarmos para progredir e ver tudo na mesma, ou indo muito devagar, é desestimulante.

Tenho certeza que conseguiremos re-ativar nossa ansia empreendedora e inovadora, contudo precisaremos procurar novos desafios.

Fui ao seu Blog fazer uma visita. Brevemente passarei por lá para comentar.

Forte abraço,

Flávio Nunes.

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...