sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Momento Baixo.

Em nossas vidas há aqueles momentos de júbilo e há os momentos em que nos perguntamos: "Afinal, onde estou errando? Como tudo isso começou? Por que logo agora e logo comigo?...". Além desses questionamentos, muitos outros povoam nossos pensamentos.

Para os mais espiritualizados e/ou místicos, questionar a inveja alheia é, em última escala, consolador e reconfortante. No fim, por obra do destino ou por "trabalhos" realizados nas esquinas da via, culpar o outro é sempre a melhor saída. Entretanto, é uma saída infantil e mesquinha, uma vez que canalizamos nossas responsabilidades e tiramos de nossas costas um fardo, muitas vezes pesadíssimo.

Por mais difícil que seja, assumir com convicção os nossos erros, corrigí-los e trabalhá-los, para que não voltem mais a ocorrer é a melhor maneira de criar prosperidade e conforto pessoal/familiar.

Não, não li isso em nenhum livro de auto-ajuda e nem participei de palestras motivacionais. O que aqui vos escrevo, é o sumo destilado da minha vida. Não tenho idade suficiente ainda para reflexões mais profundas e devaneios mais desvairados, mas com o pouco que tenho já consigo certa dose de néctar.

A vida passa, e quando penso, por meio segundo, "este será o meu fim", a maré volta a subir e com ela uma vida nova resplandece. Mais um ciclo se fecha e outro inicia-se. Mais um momento de mortificação e mais um renascimento.


Foto: http://marciodepes.com.br/v4/index.php?option=com_content&view=article&id=166:a-volta-por-cima-&catid=37:artigos-diversos&Itemid=63

4 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns Flávio! Segue em frente, você escreve com clareza e bons sentimentos.

Flávio Nunes. disse...

Olá Anônimo,
Obrigado pela atenção e pelo incentivo. Continuarei escrevendo sim, afinal ainda tenho um grande sonho de infância para ser realizado: Publicar um livro!
tenha um ótimo Domingo e uma excelente semana!
Abração,
Flávio Nunes.

Ká Oliveira disse...

Olá querido amigo,
Seus devaneios desvairados são ótimos!
Como vai a novela pedra no rim?! e nosso pequeno bebê? Como os dois tem sonhado? pés no chão ou ainda voando?
Estarei por aqui.. sempre que puder!
Grande beijo

Flávio Nunes. disse...

Olá Ká,
Fico sempre feliz com seus comentários.
A novela "pedra dos rins" teve o seu momento de clímax no último fim de semana, no casamento de um amigo. Lá pelas tantas, após cerveja, sucos e muita água, fui ao banheiro e.... lá se foi uma pedrinha!!! Se foi a mesma que me incomodou a um mês atrás eu não sei, mas que saiu uma "nova" pedra, saiu..rs..
O nosso pequeno bebê está se desenvolvendo muito bem. Temos sonhado com ele criança, adolescente e adulto..rs.. a ansiedade está grande..rs..Mas estamos com os pés bem no chão..rs..
Obrigado pela amizade de sempre e desculpa por demorar a responder o seu comentário!
Abração,
Flávio Nunes.

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...