sexta-feira, 22 de junho de 2012

Mãos Atadas!

Meu filho hoje completa 10 dias de nascido. Nestes poucos dias de convivência quanta coisa já mudou; sentimentos, ações, metas, responsabilidades,... Vejo hoje com mais clareza meus pontos fracos e, por minha família, preciso trabalhá-los e mudá-los o quanto antes. Meu pequeno e amado filho está, entre outras coisas, re-estabelecendo minha relação com Deus e aumentando ainda mais a minha fé. O mundo já não é mais o mesmo sem a presença dele junto à minha esposa e eu.

Apesar de trabalhar na área de saúde, vejo-me de mãos atadas todas as vezes que algo lhe acontece. Como que num passe de mágica, tudo se apaga em minha cabeça.

Esta semana ele tomou as suas primeiras vacinas e fez o teste do pezinho. Fui firme ao levá-lo e ao segurá-lo na hora de tomar as vacinas e fazer o exame, entretanto meu coração partiu ao vê-lo desenvolver os efeitos da vacina. Ficou com febre e bem irritadiço. Todas as posições lhe incomodava.

Por indicação, o levamos a uma pediatra num bairro próximo à nossa casa. Após a consulta, infelizmente não me senti à vontade em confiar os cuidados do meu filho a ela. Sem contar que ela condenou completamente o Teste do Pezinho realizado pelo posto de saúde e pediu que fizéssemos um particular. Resumindo a história, foi horrível vê-lo sendo espetado novamente, ainda mais por uma pessoa inexperiente. O Teste realizado no "Postinho" foi mil vezes melhor, mais rápido e menos sofrido. Odiei o atendimento do laboratório, ao menos nesse quesito. Minha esposa também não gostou e ambos ficamos com remorso por tê-lo submetido novamente a um exame tão dolorido.

Quando ele começou a esboçar a reação vacinal, ligamos para a pediatra, que imediatamente pediu para que retornássemos com ele para uma re-avaliação. Foi cobrada uma nova consulta, ela sem maiores avaliações foi logo pedindo um Hemograma e prescreveu administração de água mineral. Sinceramente, achei um absurdo e só confirmou a minha antipatia com relação à sua conduta médica. Desse momento em diante começamos uma maratona de ligações para conseguirmos um novo Pediatra. Até que conseguimos falar com uma amiga, que é Pediatra aposentada, e ela nos acalmou. Com aproximadamente 72 h após a administração das vacinas, a febre do nosso pequeno passou.

Enfim, um problema resolvido. Contudo, outro problema começou, nosso bebê teve sua primeira crise de cólica e não foi branda, foi muito forte. Minha esposa passou a noite em branco com ele, entre aleitamento e choros angustiantes. Acompanhei uma pequena parte de todo esse processo durante a manhã e no pouco tempo que tive com ele nos braços, rezei para que o Eterno Pai e seus anjos da guarda lhe trouxesse conforto. Ver seu filho sofrendo por cólicas, mesmo medicado, é desesperador.

Tudo está acontecendo muito rápido e eu, até então, não estou conseguindo acompanhar o ritmo. Preciso aquecer as turbinas e entrar no ritmo o mais rápido possível. É a saúde do meu filho, seu bem-estar, sua paz e sua felicidade - e da minha esposa também -, que estão em jogo. Preciso ser mais forte, chegou a hora de me superar e ser mais do que fui até agora.


Fonte: www.fotosdahora.com.br

2 comentários:

Cristina ferber vieira lessa disse...

Oi Flávio! Que bom, mais notícias do filhote! Quando meu filho nasceu, eu também detestei a pediatra indicada e, para variar ele tinha cólicas horríveis. Não meça esforços para achar um pediatra que faça vc e sua esposa sentirem-se seguros. Essa empatia é muito importante para que os problemas sejam resolvidos com calma. Quando enfim encontramos um pediatra que inspirava confiança, ele então acompanhou todo o desenvolvimento do meu filho até a idade adulta. Hoje ele tem 27 anos! Grande abraço!

Flávio Nunes. disse...

Olá Cristina,
Só temos noção das situações que enfrentaremos, uma vez que estamos imersos no "problema". Com isso em mente, digo que jamais pensei que uma pediatra pudesse ser ruim. Santa ingenuidade, uma vez que antes de médica ela é humana e como tal sujeita às mazelas que todos nós somos sujeitos.
Com a graça de Deus, minha esposa encontrou uma boa pediatra e acho que ela cuidará do nosso pequeno por muito tempo.
Obrigado mais uma vez pelo seu comentário e carinho!
Abração,
Flávio Nunes.

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...