domingo, 26 de agosto de 2012

Arriscar-se!

Arriscar-se é antes de tudo preparar-se para ir além dos limites. Arriscar-se é diametralmente oposto à inconsequência dos atos cometidos. Recordo uma conhecida que me disse ter ouvido em uma palestra que o cérebro humano nasce com muitas conexões e vai se ajustando ao longo da infância até que na adolescência está com praticamente todas as conexões de um adulto. Quem ministrou a palestra foi um Neurologista e este disse que isto pode explicar, até certo ponto, as atitudes de muitos adolescentes e a famosa frase expelida por tantos deles: "Eu sei de tudo, eu sei me virar, você não sabe de nada"! Segundo o Neurologista, o corpo e a mente entende que está pronta para a vida, mas não tem "maturidade" suficiente para galgar patamares mais elaborados de sobrevivência. É neste ponto que confundimos, "busca do auto-conhecimento" com "rebeldia"!

Os jovens fazem mais coisas que os adultos, ou seja, arriscam-se mais, uma vez que precisam aprender com "ganhos e perdas" o significado da vida e suas nuances. O adulto pondera mais e pensa mais antes de tomar certas decisões, ou seja, tem conhecimento de causa e efeito, conhece muitas consequências, boas e ruins, em detrimento de atos cometidos outrora.

Nesse ínterim, arriscar-se é pegar a vida nas mãos, ponderar, planejar, traçar um rumo, uma meta e "jogar-se" no abismo. Por mais que tentemos e analisemos, sempre haverá pontos ocultos, que só aparecerão à medida que a caminhada for feita. Uma vez que arriscar-se é ir ao encontro do desconhecido por nós, haverá sempre páginas em branco esperando para serem escritas.

O sucesso é consequência de um bom planejamento, de manter-se flexível, de possuir pensamento rápido e espírito empreendedor. Saber inovar também é uma boa qualidade das pessoas que se arriscam. Tudo na vida é mutável e, pelo que tenho visto, o sucesso sempre chega para todos que, após cair um sem número de vezes, continua levantando-se e seguindo em frente. Viver não é fácil, mas tem suas vantagens.


Foto: http://raimattos.blogspot.com.br/2011/04/arriscar.html

4 comentários:

Ká Oliveira disse...

Olá querido amigo...
Faz tanto tempo que não te visitava, que quase achei ter batido na porta errada... A cara do Blog ficou ótima!!

Quanto ao texto, concordo com suas palavras e espero ser jovem/adolescente sempre!!
grande beijo

Flávio Nunes. disse...

Olá minha amiga Ká,
Quanto tempo..rs.. Estava com saudades dos seus comentários!
Quanto à nova cara do Blog, achei que ele ia ficar mais sóbrio assim e a temática "livro aberto" chamou minha atenção. Fico feliz que tenha gostado.
Acho que essa é a verdadeira fonte da juventude, permanecer sempre jovial.
Abração minha amiga e obrigado pelo comentário!
Flávio Nunes.

Rogerio Alencar disse...

Prezado administrador do site, gostaria de saber como faço para obter autorização para utilizar esta imagem em uma atividade que estou organizando. Esta imagem é sua? No aguardo. Rogério

Flávio Nunes. disse...

Olá Rogério,
Desculpa o avançar da hora em lhe responder, mas só agora consegui fazê-lo.
Se perceber, bem no fim do texto (Assim como há na maioria dos textos que cá está), existe uma referência à fonte de onde tirei a foto. Neste caso a fonte é: http://raimattos.blogspot.com.br/2011/04/arriscar.html
Sendo assim, peço que entre em contato com o administrador do Blog em questão e veja com ele a fonte original da foto.
No mais, desejo-lhe uma boa sorte e um ótima atividade!
Abração,
Flávio.

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...