domingo, 7 de abril de 2013

Lamentos e Sonhos!

Quem dera eu pudesse ter o dom de com simples palavras desnudar o infinito e trazer à luz tudo quanto é mais precioso ao ser humano. Busco incessantemente o aprimoramento de minhas faculdades mentais, entretanto há uma força que diante de mim ergue-se e não me deixa avançar com a força que necessito.

Muito tenho feito, belas obras é verdade, entretanto sinto que para aquilo cujo objetivo fui criado não vem sofrendo mudanças positivas satisfatórias. Que grande lástima andar a passos lentos e tediosos. Enquanto sobrevivo e faço viver, a vida passa e não volta jamais. O tempo, companheiro fiel, ajuda e atrapalha. 

Lamento não conseguir cumprir todos os compromissos e nem encontrar soluções rápidas para suprimir meus desejos mais profundos. Sobrevivo e busco a vida entre os escombros do que almejo e sonho. Quem me dera poder viver ainda na juventude tudo quanto poderei alcançar na velhice. O importante no entanto é continuar, firme e perseverante.

Se não posso concretizar agora os sonhos que vagam por entre meus pensamentos mais belos e inebriantes, luto para afastar meus pesadelos e acalentar-me nos braços de minha amada, que como eu vaga pelas veredas de um mundo que não é muito bom. 

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...